ALMAS GEMEAS SEPARADAS

Almas que se encontram podem sofrer bastante também, Pois muitas vezes tais encontros acontecem… Em momentos onde não mais podem extravasar… Toda a plenitude do amor… Que carregam, toda a alegria de amar… E de querer compartilhar a vida com o outro, Toda a emoção contida à espera do encontro final. Desejam coisas que se tornam quase impossíveis, Mas que são tão simples de viver. Como ver o pôr-do-sol… Ou de caminhar por uma estrada com lindas árvores… Ver a noite chegar… Ir ao cinema e comer pipocas… Rir e brincar… Brigar às vezes, Mas fazer as pazes com um jeitinho muito especial. Amar e amar, muitas vezes… Sabendo que logo depois poderão estar juntas de novo… Sem que a despedida se faça presente. Porém muitas vezes elas se encontram em um tempo… E em um espaço diferente… Do que suas realidades possam permitir. Mas depois que se encontram… Ficam marcadas … tatuadas… E ainda que nunca venham a caminhar para sempre juntas… Elas jamais conseguirão se separar… E o mais importante … Terão de se encontrar em algum lugar. Almas que se encontram jamais se sentirão sozinhas… Porquanto entenderão, por si só, a infinita necessidade… Que têm uma da outra para toda a eternidade.

About these ads
Esse post foi publicado em POEMA. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s